Farmácia Agafarma. Sinta-se bem, sinta-se em casa

Destaques

Diabetes Mellitus

DIABETES MELLITUS é uma doença de causa múltipla ocorre, quando há falta de insulina ou ela não atua de forma eficaz, causando um aumento da taxa de GLICOSE no sangue (HIPERGLICEMIA). A INSULINA é produzida pelo PÂNCREAS e é essencial para que nosso corpo funcione bem e possa utilizar glicose (açúcar) como principal fonte de ENERGIA.

TIPOS MAIS FREQÜENTES DE DIABETES

Tipo1 – DIABETES MELLITUS INSULINODEPENDENTE
Geralmente ocorre em crianças, jovens e adultos jovens e necessita de insulina para o seu controle.

Tipo 2 – DIABETES MELLITUS NÃO INSULINODEPENDENTE
É o tipo mais freqüente de Diabetes, aparece geralmente após os 40 anos de idade

DIABETES GESTACIONAL
É o tipo que aparece na gravidez, sobretudo se a mulher: tem mais de 30 anos, tem parentes próximos com Diabetes, já teve filhos pesando mais de 4 Kg ao nascer, já teve abortos ou natimortos, é obesa ou aumentou muito de peso durante a gestação.

COMO SE MANIFESTA

Sobretudo no Diabetes tipo I e no tipo II descontrolado: Tem muita fome (Polifagia)

No Diabetes tipo I ou tipo II descontrolado: perda de peso

No Diabetes tipo II: ganha peso, Urina muito (Poliúria), urina doce, desânimo, fraqueza, cansaço físico

Estes sintomas são os mais freqüentes e eles não aparecem isolados. No Diabetes tipo I eles surgem de maneira rápida e no Diabetes tipo II eles podem estar ausentes ou aparecem de forma lenta e gradual:

* Tem muita sede (Polidipsia)
* Lesões de difícil cicatrização principalmente nas pernas ou nos pés
* Infecções freqüentes (pele, urina e dos órgãos genitais)
* Alterações visuais

SINAIS DE ALERTA
Muitas pessoas têm diabetes- e não sabem porque não apresentam nenhum sintoma. Isto é bastante frequente no tipo de diabetes que aparece no adulto (tipo II).

– Tem parentes (pais, irmãos, tios,etc) com diabetes;

– tem excesso de peso (especialmente do tipa abdominal);

– tem vida sedentária (não faz atividade física);

– tem mais de 40 anos e ainda;

– Faz tratamento para pressão alta e tem colesterol e trigliceridios elevados;

– Uso de medicamentos diabetogênicos (corticóides, anticoncepcionais,etc..); e

– Mulheres que tiveram filhos pesando mais de 4kg, ou abortos e/ou natimortos.

Manter uma alimentação saudável, peso normal e praticar atividade física regurlamente, são hábitos saudáveis de vida importantes que ajudam a prevenir o surgimento do diabetes tipo-II

Acelga, agriao, alface, almeirao, mostarda, bertalha, brócolis, taioba, chicória, repolho, couve, espinafre

Pepino, pimentão, tomate, rabanete, couve-flor, abobrinha

Palmito, aspargo, broto de bambu, aipo, jiló, maxixe, berinjela

Cebola, cebolinha, coentro, hortelã, salsa, chás e suco de limão com adoçante

Ingerir conforme planejamento alimentar (moderada)

Abóbora, beterraba, cenoura, chuchu, nabo, quiabo, vagem

Ervilha fresca ou seca, feijão, grão-de-bico, lentilha, milho-verde

Leite, manteiga ou margarina, queijo, iogurte, coalhada

Pão, arroz, macarrão, farinhas, biscoitos de sal ou água

Mandioca, batata inglesa, batata doce, cara inhame

Carne bovina (magras), aves, peixes,ovos, visceras e moluscos

Frutas em geral, suco de fruta natural

Maionese, carne e pescado defumados, salsicha, linguiça, chouriço, salame

Produtos -dietéticos tipo: pudim, ‘flan’, chocolate, refrigerantes, geléia, gelatina

VOCÊ DEVE EVITAR:

Doces, bolos, leite condensado, chocolate e biscoitos não dietéticos

‘Nescau’, ‘toddy’, farinha láctea

Carnes salgadas e toucinho, frituras

Bebidas alcoólicas. Refrigerantes comuns

COMO APLICAR INSULINA
Escolher o local para aplicar a insulina. Limpar a pele, usando algodão com álcool e deixar secar. Manter uma distância de mais ou menos 2cm do local onde você tomou a injeção anterior, se a área do corpo for a mesma.
Fazer uma prega na pele onde você vai aplicar a insulina.
Pegar na seringa como se fosse um lápis. Introduzir a agulha na pele, num ângulo de 90º, soltar a prega cutânea.
OBS: Em pessoas muito magras ou crianças menores, a injeção poderá ser feita num ângulo de 45º, para evitar que seja aplicada no Músculo.

Ao iniciar a aplicação de insulina, se for constatada a presença de sangue na seringa, seguir as seguintes orientações:
1- Sangue em pequena quantidade: continuar a aplicação.
2- Sangue em grande quantidade: para a aplicação .Jogue fora a seringa com insulina e prepare outra dose.

Injetar a insulina, empurrando o êmbolo até o final.
Retirar a seringa e fazer uma levre pressão no local, usando o algodão com álcool.

Fonte: Portal da Saúde