Farmácia Agafarma. Sinta-se bem, sinta-se em casa

Destaques

Os problemas de saúde causados pela obesidade

Eleita como um dos principais problemas da humanidade pela Organização Mundial da Saúde, a obesidade é uma condição que se espalha pelo mundo, sendo causa para várias doenças e agravantes da saúde. A qualidade de vida de milhões de pessoas é afetada negativamente devido à obesidade, algo relacionado diretamente ao sedentarismo. Não praticar exercícios físicos regularmente e comer alimentos que possuem muita gordura e pouco valor nutricional são causas comuns para que a obesidade aconteça, trazendo inúmeros problemas graves para a saúde.
Quando há mais tecido adiposo que o normal, impossibilitando que o corpo adquira o oxigênio e outros nutrientes necessários, isso faz com que os vasos sanguíneos tenham que circular mais sangue para a pele. O coração precisa bombear mais sangue, o que causa o aumento da pressão arterial. Essa condição aumenta o risco para doenças cardíacas, problemas renais, derrames, entre outros.

A obesidade é a principal causa do diabetes tipo 2, que geralmente começa na idade adulta, mas devido ao aumento dos casos de sobrepeso em crianças, os jovens também podem ter a doença. A obesidade pode determinar resistência à insulina, hormônio que regula o açúcar no sangue, sendo a principal causa para o desenvolvimento da diabetes. Mesmo estar apenas um pouco acima do peso pode ser determinante para que a doença apareça.
Quem ronca geralmente possui problemas com a balança e não faz exercícios com regularidade. A obesidade pode ser responsável ainda pela apneia do sono, doenças que faz com que a pessoa pare de respirar enquanto dorme, sendo o ronco apenas um sintoma. Isso faz com que a pessoa se sinta cansada durante o dia, e, ainda mais grave, pode causar problemas no coração e no cérebro devido à falta de oxigênio para estes órgãos.

Da mesma forma, por vezes, devido ao peso demasiado na parede do tórax, os pulmões podem ser comprimidos, dificultando a respiração. Nesses casos, aconselha-se a prática moderada de exercícios físicos para perder gordura e só então aumentar a intensidade do treino. Além disso, a obesidade aumento o risco de câncer de mama, cólon e útero nas mulheres, enquanto os homens tem mais chance de desenvolver câncer de cólon e próstata.

Na sociedade atual existem inúmeros obstáculos para pessoas obesas, sendo que quem possui esse problema é afetado muitas vezes psicologicamente por haver o padrão de beleza que prioriza pessoas magras. Dessa forma, quem está acima do peso pode ter dificuldades em relacionamentos amorosos, o que pode causar depressão e outros problemas semelhantes. Além disso, preconceito e discriminação também podem contribuir para que a autoestima seja afeta. É preciso mudar o estilo de vida completamente, mesmo que esse processo comece aos poucos, dando prioridade para a alimentação saudável e exercícios físicos regulares. Fonte: www.dicadesaude.com