Destaques

Menopausa

Menopausa é o período após a última menstruação natural da mulher. Nesse tempo, estão sendo encerrados os ciclos menstruais e ovulatórios. A menopausa só pode iniciar depois de um ano do último ciclo menstrual, pois a mulher ainda pode, eventualmente, menstruar. Nesse ano de encerramento, o organismo deixa de produzir, aos poucos, os hormônios característicos.
Assim, algumas transformações no organismo feminino aparecem, possibilitando o surgimento e agravamento de doenças. Não há uma idade exata para a menopausa, varia entre os 45 e 55 anos, em média. As mudanças no corpo sugerem a chegada do período. Confira os principais sintomas:

– Ausência da menstruação;
– Ressecamento vaginal;
– Ondas de calor;
– Suores noturnos;
– Leve perda de memória;
– Diminuição no desejo sexual;
– Ganho de peso;
– Aumento do risco cardiovascular;

O ideal é que a mulher faça consultas com outros médicos, além do ginecologista, como o cardiologista e, caso seja preciso, o psicólogo. O método principal para tratar a menopausa é a terapia de reposição de hormônios, que traz de volta ao organismo os hormônios necessários, amenizando e/ou revertendo os sintomas. O tratamento é realizado por meio de comprimidos, adesivos ou géis que repõem os hormônios. Outro método é o uso da pílula anticoncepcional, tradicional tratamento para evitar gravidez. A diferença entre a pílula e o comprimido colocado anteriormente é a concentração de hormônios: no tratamento hormonal é feito em doses mínimas, suficiente para que a mulher se sinta bem. Mas, o tratamento varia conforme o perfil de cada mulher. Primeiramente, deve-se analisar as condições físicas, como pressão arterial, para então escolher o tratamento adequado. Os resultados iniciais da reposição hormonal aparecem, normalmente, após um mês do início do tratamento. Veja abaixo algumas dicas para uma boa manutenção da menopausa:

– Pratique atividades físicas para prevenir o ganho de peso típico e evitar risco de doenças cardio;
– Faça exercícios de memória e jogos de raciocínio. Isso ajuda a diminuir a perda de memória;
– Mantenha hábitos saudáveis de sono e tente dormir, no mínimo, 6 horas;
– Use, se for indicado, cremes para tratar a secura vaginal;
– Tente aumentar a prática de sexo, pois, assim, a lubrificação aumenta;
– Faça todos os exames recomendados pelos médicos;
– Tenha uma dieta saudável, evitando alimentos industrializados. Abuse do salmão, abacate e azeite de oliva: auxiliam o cabelo e a pele.
– Converse com o médico sobre o tratamento de reposição hormonal. Não é recomendado para mulheres com risco de câncer de mama, trombose ou doença cardíaca.